Seleção CS
50 Anos
Foto

ESCOLHA UM TEXTO:

01.  Nelore
02.  Três Lagoas venceu
03.  Crônica
04.  O velho Jatobá
05.  Adeus Urubu-Pungá
06.  Aos meus filhos
07.  Mãe
08.  Amigo
09.  Mãe Vaca
10.  O custo da comida
11.  Vernáculo Brasileiro Atualizado

Texto 05
Título: Adeus Urubu-Pungá
Autor: Claudio Totó

 

Vistapanorâmica do salto do Urubu-pungá – 1966

 

ADEUS URUBU-PUNGÁ

 

Ruído estrepitoso

Barulho uníssono

Daquele que sem sono

Corre noite e dia.

 

Assim tinha sido,

Através dos anos,

Séculos, milênios,

Tido como indomável.

 

Na fartura das chuvas,

Transbordava e gemia.

Na penúria da seca,

Urrando da altura descendo.

 

Abusado na sua cor,

Dominante seguia,

Indiferente à dor.

Dos seus afluentes.

 

Daquele que gemia,

Ainda pequeno querendo entrar,

No seu intestino penetrar.

A água pequena sonhava...

 

Indomável, admirado, assustador!

Tudo levava, inclusive vidas.

Nada respeitava, nem a dor,

Daquele que contra ele ousava.

 

Enquanto na mesa,

Um engenheiro calculava,

Esquecido da beleza,

Somava e multiplicava.

 

Dividir, nunca.

Diminuir, jamais.

Produzir muito

Gerar o quanto mais

 

Alheio a tudo, espoucava.

Do alto se despencava,

Seu curso imutável,

Sua beleza incomparável.

 

Dos cálculos, passaram às obras.

Disfarçando, desviando,

Trabalhando todas a horas,

Espremendo, talvez iludindo...

 

Ele sem perceber

Continuava a ser

Forte, grande e cruel,

Digno, arrogante, o céu.

 

Nada notava, nunca pensava.

Alheio a tudo, continuava,

Subindo, descendo, espargindo.

Indiferente, se deixava ir indo

 

Logo a sua frente,

Batalhão de gente.

Trabalhando, produzindo,

Seu futuro minguando.

 

Um dia seu urro,

Fora do tempo, sumindo,

Eu senti seu pulso,

Já fraquejando, se esvaindo.

 

Cheguei até bem perto.

Sabendo que chegara o momento,

Pois conhecia ao certo,

O instante do sofrimento.

 

Tristeza ver o gigante afundar,

Em sim mesmo mergulhar, sumir,

Alisar, morrer sem gritar.

Agonizar tranqüilo, sussurrar...

 

Acabou o urro,

Sumiu o barulho.

Sua água virou mar,

Adeus Urubu-pungá.

COPYRIGHT 2011   |   WWW.SELECAOCS.COM.BR   |   TODOS OS DIREITOS RESERVADOS